PPB Entrevista: Flávia Nunes

Nesta edição de Maio/2017 da série “PPB Entrevista”, Prof. Anderson Ozawa conversou com Flávia Nunes, profissional referência em prevenção de perdas para supermercados e atacados.

Destacada por sua capacidade técnica, serve de exemplo para os profissionais da área, principalmente para as mulheres que pensam que esta é uma profissão exclusiva para homens. Leiam com exclusividade aqui no Portal Prevenção de Perdas Brasil.


ANDERSON OZAWA: Flãvia, é um prazer ter sua participação em nosso Portal falando sobre sua experiência e história. Conte-nos um pouco sobre sua trajetória profissional

Resultado de imagem para caminho profissionalFLÁVIA NUNES: Comecei em uma grande rede de Hipermercados, incialmente na portaria, depois passando por vários cargos dentro da área de prevenção de perdas até chegar à sua gerência. Depois trabalhei em uma rede de supermercados menor, também ocupando cargos relacionados a prevenção de perdas, até que, a convite de Anderson Ozawa, passei a trabalhar em sua consultoria. Hoje sou diretora de minha própria consultoria, especializada em Prevenção de Perdas e Gestão de Varejo, utilizando como metodologia o Pentágono de Perdas.

 

OZAWA: Como você enxerga a Prevenção de Perdas no Brasil?

Resultado de imagem para enxergar profissional

FLÁVIA: Ainda temos muito pra aprender nessa área. Muito se fala hoje em dia sobre Prevenção de Perdas, porém ainda estamos no início do caminho no país. Deixamos a desejar com profissionais, mal preparados e com o varejo bem limitado quando se fala em investimentos na área pelo varejo.

 

OZAWA: Qual foi seu projeto mais importante e quais foram os resultados obtidos?

Resultado de imagem para profissional comemorando

FLÁVIA: Estive a frente de vários projetos importantes, porém há dois que mais me chamaram a atenção. Um deles foi em uma rede de supermercados no interior de São Paulo, onde implantamos a prevenção de perdas desde o início e pude acompanhar a formação e evolução em disciplinas de processos gerando indicadores em conjunto com a equipe de colaboradores do supermercado, acompanhando de perto cada detalhe que fazia a diferença na operação. O segundo foi acompanhar a evolução de processos de prevenção de perdas em uma rede de lojas de materiais de construção, muito interessante poder ver as diferenças de Varejo e suas reais necessidades


OZAWA: Quais são, em sua opinião, as características de um gestor de prevenção de perdas?

Resultado de imagem para super mulher profissional

FLÁVIA: Na minha opinião ele tem que ter postura, conhecimento da área, idoneidade, foco, ser pró-ativo e disponibilidade para estar em permanente aprendizado.


OZAWA: Como, em sua opinião, a prevenção de perdas pode evoluir no Brasil?Resultado de imagem para evolução profissional

FLÁVIA: A evolução só vira com o investimento e quando o varejo entender o quão necessário é manter uma área de prevenção de perdas da maneira correta. Somente assim teremos uma evolução significativa.

 

OZAWA: Baseado em sua experiência em consultoria, você enxerga espaço para esta atividade no assunto prevenção de perdas?Imagem relacionada

FLÁVIA: De acordo com os vários projetos já implantados e acompanhados por mim, as estatisticas e margens avaliadas mostram que temos espaço, de maneira positiva, o que precisando apenaa nos esforçar para melhorar a qualidade dos profissionais da área e mostrarmos a diferença do setor no varejo.

 


OZAWA: Quais boas práticas você pode compartilhar com nossos seguidores?Resultado de imagem para boas práticas

FLÁVIA: ser um setor de trabalho independente da área operacional, ter rotinas de trabalho com disciplina de processos e criar controles que dêem base para criação e analise de indicadores.

 

OZAWA: O que prejudica o profissional de prevenção de perdas em sua evolução e reconhecimento profissional?Resultado de imagem para reconhecimento profissional

FLÁVIA: Muitas vezes o profissional de perdas é tido pela empresa como uma despesa, quando deveria ser visto como seu maior investimento. Também a falta de preparo, estudo e valorização do próprio trabalho.


OZAWA: Qual sua opinião sobre o varejo brasileiro para os próximos 5 anos?Resultado de imagem para visão de futuro

FLÁVIA: O varejo já se deu conta de que precisa de prevenção de perdas, mas ainda não investe o suficiente para ver isso valer a pena e trazer os resultados almejados. Eu vejo uma melhora bem pequena no período de 5 anos, mas com potencial para muito mais.

OZAWA: Fique à vontade, para deixar sua mensagem final.Resultado de imagem para the end

FLÁVIA: Em primeiro lugar eu gostaria de agradecer ao Anderson Ozawa pelo convite, esperando ter contribuído positivamente para o Portal Prevenção de Perdas Brasil. Não há palavras suficientes para dizer como é fazer parte de algo tão grandioso e relevante para o setor de perdas no Brasil quanto é poder compartilhar minha experiência de vida e fazer parte desse site e desse ideal que o Anderson leva para todo o Brasil com tanto amor, carinho e cuidado. Só quem acompanhou sua trajetória e acompanha seu dia a dia sabe como a página e suas postagens nas redes sociais nos inspira a sempre buscarmos por melhorias e sermos melhores pessoas e profissionais em um ramo que tem tudo para ser um dos mais importantes do varejo nacional. Um grande abraço.

Até a próxima!


Flávia Nunes

E-mail: flavia@fanconsultoriadevarejo.com.br

Site: http://prevencaodeperdasbrasil.com.br/consultoria/fan-consultoria-de-varejo/

Telefone: 11 94277-4688

Um comentário em “PPB Entrevista: Flávia Nunes

  1. Oque mais desmotiva um profissional de prevenção de perdas é quando ele faz demais e recebe de pouco e ainda é obrigado a engolir sapos… Coisas absurdas faladas ao seu respeito e ele sempre se dedicando… Enfim, ninguém é motivado dessa forma.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.