Home » Artigos » PPB Entrevsita: Teanes Silva

PPB Entrevsita: Teanes Silva

Nesta edição de Junho/2017 da série “PPB Entrevista”, Prof. Anderson Ozawa conversou com Adm. Teanes Silva, Consultor de Segurança e Riscos, Diretor Suplente da ABSEG, profissional referência em segurança corporativa.

Atuando na docência e com sua dedicação como Diretor junto à ABSEG – Associção Brasileira de Profissionais de Segurança Destacada, trabalha arduamente por um cenário de valorização e reconhecimento dos profissionais de segurança no Brasil. Sendo consultor, serve de exemplo para os profissionais da área, sendo hábil na sua técnica e na amplitude dos seus trabalhos.

Leiam com exclusividade aqui no Portal Prevenção de Perdas Brasil.


ANDERSON OZAWA: Teanes, é um prazer ter sua participação em nosso Portal falando sobre sua experiência e história. Conte-nos um pouco sobre sua trajetória profissional

Resultado de imagem para trajetória profissional

TEANES SILVA: Primeiramente quero agradecer a equipe do portal pelo convite na pessoa do Anderson Ozawa e parabenizar por essa brilhante iniciativa.

Em 1987, iniciei as atividades na área de Segurança Privada, como prestador de serviços, sendo, porta de entrada, a Segurança, Prevenção e Proteção contra incêndios. Passei por muitos departamentos tais como, logística, operacional, administrativo, técnico (normalização na ABNT – CB 24), comercial e gerencia geral, finalizando esta etapa da carreira no regime CLT, em 1995.

De 1996 até 2001, fiz carreiro solo, como assessor de gestão de segurança, alternado entre tomador e prestador, e, em alguns casos, atuando na coordenação de segurança em eventos, escolta de cargas, segurança pessoal, segurança patrimonial, investigações de fraudes, análises de riscos, prevenção contra incêndios e treinamentos.

Em 2002, retornei ao regime CLT, como tomador de serviços, iniciando como porteiro líder, modalidade orgânica em um dos clientes em que prestava assessoria. Fui promovido em 2004, para supervisor de segurança patrimonial, cargo exercido até 2007.

O ano de 2005 foi um marco, pois iniciei a faculdade de Gestão em Segurança Empresarial, finalizando-a em 2007. Na sequência, tirei a carteira de administrador de segurança privada pelo CRA/SP e fiz um curso de extensão em investigações e fraude empresarial, obtendo assim o título de especialista. Nesse caminho me associei à entidades de profissionais de segurança na busca contínua de conhecimentos de mercado para comparativos acadêmicos.

Ainda em 2008, inicie a pós-graduação em gerenciamento da Qualidade e ingressei em uma Consultoria de Prevenção de Riscos, atuando como gestor de segurança e depois como consultor, desenvolvendo projetos integrados com soluções de segurança para indústria alimentícia, operadora logística, condomínio empresarial, seguradora, indústria de papelão, administradora da área bancária, indústria de autopeças, entre outros. Foi uma escola.
No ano de 2010 fui convidado e aprovado no processo de R&S em Multinacional Americana do seguimento automotivo, para a vaga de Supervisor de Segurança Patrimonial. Lá planejei, coordenei, auditei e realizei melhorias nos processos de gestão de Security por 20 meses.
Já em 2012, ingressei em uma prestadora de serviços de vigilância patrimonial, como gerente de segurança com foco no projeto de reestruturação. No mesmo ano atuei na consultoria de prevenção de riscos, segurança e qualidade em grandes eventos, tais como virada cultural, carnaval, parada LGBT e copa do mundo, permanecendo até inicio de 2015.
Em 2013 fui certificado como ASE – Analista de Segurança Empresarial, renovando-a em 2016. Também entrei em um novo ciclo profissional, iniciando na docência no curso superior de segurança privada e também na atualização e formação de vigilantes cujo credenciamento, renovei em 2017, na Delesp/SP. Na Intelligencia desde 2015, sou consultor associado para temas de prevenção de riscos e segurança, bem como diretor da ABSEG – – Associação Brasileira dos Profissionais de Segurança, desde 2007 e membro do Geseg – grupo de excelência em segurança, que foi fundado em 2017, no CRA/SP.

Para manter-me atualizado, no sentido de desenvolvimento continuado, assino revistas e jornais do seguimento, além de pesquisas aos sites especializados. Durante a carreira fiz cursos de extensão e cursos livres, participei de palestras, workshops e congressos, nos mais variados temas dentro da segurança empresarial, tais como: gestão de riscos, prevenção de perdas, continuidade de negócios, segurança patrimonial, gestão de crises, segurança da informação, emergências, responsabilidade social, segurança em instituições de ensino, escolta, transporte de valores, gestão de pessoas e negócios, liderança, gestão empresarial e projetos, entre outros.

OZAWA: Como você enxerga a Prevenção de Perdas no Brasil?

Resultado de imagem para olhando o futuro

TEANES: No passado Prevenção de Perdas atuava apenas na ponta, no PDV, com foco no furto, resolvia no quartinho, na porrada. Hoje, atua estrategicamente, e até as fábricas estão se alinhando a esse modelo. Portanto, entendo que houve forte evolução a exemplo da segurança patrimonial, porém o caminho da excelência é longo e cheio de espinhos.

OZAWA: Qual foi seu projeto mais importante e quais foram os resultados obtidos?

Imagem relacionada

TEANES: São muitos projetos interessantes, mas o combate interno a fraudes, desperdícios e desvios, foi marcante, tendo como resultado a redução de perdas da empresa e aumento de rentabilidade e credibilidade dos empregados do bem e dos parceiros, portanto, valorando e fortalecendo a reputação da marca.

Outro projeto que atuei foi de mapear os desvios de peças (que chegavam ao mercado paralelo e foi detectado pelo cliente). Para os leitores terem uma ideia, o modo de atuação dos envolvidos, os próprios empregados, envolvia fraude na fabricação de hora-extra, para repor a produção das peças desviadas (desqualificadas sem defeito). O setor de security passou a ser apresentado pela direção como um avanço.


OZAWA: Quais são, em sua opinião, as características de um gestor de segurança e prevenção de perdas?

Resultado de imagem para gestor de segurança sucesso

TEANES: Creio que a principal característica é praticar verdadeiramente as palavras da moda tais como: liderança, gestão de pessoas e mudança, resiliência, foco no resultado estratégico, visão sistêmica, inovação e criatividade, senso de urgência, resolução de conflitos e aplicar a ética e conduta. Claro que é necessário conhecer profundamente o negócio e ser parceiro das diversas áreas da empresa, entre outros aspectos.


OZAWA: Como, em sua opinião, a prevenção de perdas pode evoluir no Brasil?

Resultado de imagem para evolução dos negócios

TEANES: Como falei anteriormente, é visível a evolução, contudo, cabe salientar, que ser a Prevenção de Perdas estratégica, nas empresas, fará toda diferença, mesmo que somente na operação. Criar valor e cultura de Prevenção de Perdas. Não adianta o profissional de Prevenção de Perdas ficar reclamando, tem que participar, tem que fazer, tem que inovar junto a gestão, mostrar e evidenciar os resultados, por menores que sejam. Não pode ter pressa, mas esperar perder para dizer que já sabia e que tinha avisado, definitivamente não resolve. Evoluir fazendo a coisa certa. Planejando!

OZAWA: Baseado em sua experiência em consultoria, você enxerga espaço para esta atividade no assunto segurança e prevenção de perdas?

Resultado de imagem para executivo consultoria

TEANES: A consultoria está consolidada desde a febre pela certificação da qualidade. Com a falta de especialista generalista e funcionários, na segurança a consultoria é largamente utilizada com sucesso, incluindo as atividades similares. Em Prevenção de Perdas, vejo que está engatinhando. Ressalta-se que como em toda atividade, tem muito aventureiro. Perde o emprego de 10 anos no varejo calçadista e vira consultor de farmácia. E a expertise, não precisa? Portanto, há espaço, mas é preciso preparar o profissional de Prevenção de Perdas.


OZAWA: Quais boas práticas você pode compartilhar com nossos seguidores?

Resultado de imagem para boas práticas

TEANES: Precisamos fomentar a Prevenção de Perdas no Brasil, mostrando para as empresas a sua real importância. Elaborar cursos para os profissionais avançados e também para os iniciantes, ler e escrever livros, idem para artigos com cases. Graduação tecnológica e MBA em Prevenção de Perdas serão fundamentais. Criar uma certificação pode ser um caminho interessante na evolução. Compartilhar cases de sucesso também é uma boa prática. Fazer workshop, seminários. Essa entrevista, o seu portal, tudo são boas práticas. Outro caminho é a introdução no curso de administração de uma disciplina de Prevenção de Perdas e outra de Segurança, afinal, ambas precisa praticar controles eficazes, em uma gestão eficiente.

OZAWA: O que prejudica o profissional de prevenção de perdas em sua evolução e reconhecimento profissional?Resultado de imagem para executivo crescendo na carreira

TEANES: Ótima pergunta que me faço muitas vezes. Mas vamos lá. Além de não aderir as boas práticas e cases de sucesso, prejudica fazer pouco e querer muito. Prejudica reclamar muito e fazer pouco. Fazer igual e esperar resultado diferente. Querer ser o ator principal onde todos devem ser contribuintes e massificadores da cultura de Prevenção de Perdas. Ignorar os riscos ou achar que é o dono deles. Agir no impulso, sem o devido planejamento. Achar que sabe tudo ou que já viu de tudo.


OZAWA: Qual sua opinião sobre o varejo brasileiro para os próximos 5 anos?

Resultado de imagem para homem olhando o futuro

TEANES: Com o advento da internet das coisas, o varejo brasileiro deve sequenciar o que vem fazendo e caminhar para automação com sistemas cada vez mais robustos e inteligentes (tudo interligado e integrado), visando redução de pessoas, menor preço e maior rentabilidade, e, consequentemente, buscar zero perda (apesar do risco residual) ou próximo disso, como em outros países.

OZAWA: Fique à vontade, para deixar sua mensagem final.

Resultado de imagem para the end

TEANES: As empresas precisam ser profissionalizadas imediatamente, sob pena de descontinuar o negócio. É aqui que entram os profissionais diferenciados, capacitados.
Para fazer a diferença o profissional de Prevenção de Perdas ou Segurança precisa ser capaz de fazer o seu melhor, independentemente da qualidade dos recursos, do seu salário e do humor do chefe ou do cliente. Profissionalizar é ter expertise naquilo que se propôs a executar.
Não podemos ficar enxugando gelo. Temos que usar a inteligência, identificar e mapear os processos críticos para atuar na causa das perdas e não nos sintomas. Afinal, prevenção é mitigar os riscos com assertividade na origem, certo?
O sucesso virá, sim, mas lentamente, e melhorar a velocidade dependerá exclusivamente do profissional. As empresas não gerenciam carreira, cada um precisa ter seu plano de conquista de longo prazo e traçar as metas para alcançar o objetivo. Tem trabalhador que não sabe aonde quer chegar ou quando. Para esse tipo de profissional tanto faz; tem zero atitude. Recomendo estudar sempre. Desenvolver já!!!

As empresas precisam de ótimos profissionais para perpetuar o negócio. Portanto, você que quer ingressar ou se manter na área, não desista. Prepare-se. Busque o conhecimento. Não se incomode se não constar na carteira de trabalho, Prevenção de Perdas, se importe em conhecer todas as técnicas e ferramentas adotadas em cases sucesso por Prevenção de Perdas. Anderson finalizo agradecendo a oportunidade de compartilhar um pouco da minha vivência profissional e quem sabe ser espelho aos emergentes, a exemplo de brilhantes profissionais que temos, como você.


 

Resultado de imagem para teanes silva

Adm. Teanes Silva

E-mail: teanes@intelligencia.net.br

Linkedin: http://www.linkedin.com/in/teanes

Telefone: 11-998.801.372

Siga-nos nas Redes Sociais:
0

One comment

  1. Paulo Cesar Leopoldo Constantino

    Parabéns ao Portal Prevenção de Perdas Brasil pela iniciativa da entrevista e parabéns ao Teanes pela carreira de sucesso. Com certeza um Profissional no sentido amplo da palavra, competente e comprometido. Tive a honra e oportunidade de trabalhar com o Teanes e, hoje, de compartilhar da sua amizade. As áreas ligadas à Prevenção de Perdas, Segurança, Compliance, entre outras, precisam de talentos como ele.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Enjoy this blog? Please spread the word :)