Home » Anderson Ozawa » Como Reduzir as Perdas no Dia das Mães e Aumentar Os Lucros

Como Reduzir as Perdas no Dia das Mães e Aumentar Os Lucros

O segundo Natal do varejo brasileiro está chegando: DIA DAS MÃES.

Todo o varejo está focado em incrementar suas vendas e recuperar o faturamento até agora, aumentando em até 12%, segundo a Fecomércio. Promoções, campanhas de marketing, novidades, tudo isso está a disposição do consumidor, que deve movimentar as lojas nos próximos dias.

Entretanto, com aumento do fluxo de pessoas e aumento do estoque nas lojas, é importante que a área de Prevenção de Perdas esteja envolvida em todas as etapas, avaliando e mitigando os riscos nas operações.

Dentre os maiores RISCOS que precisam de atenção especial do varejista, destaco:

  • ATENDIMENTO PREVENTIVO

    • TODOS os colaboradores são agentes de prevenção de perdas e devem praticar o Atendimento Preventivo, para garantir um nível de serviço alto aos consumidores e inibir a prática de furto daqueles que não estão dispostos a pagar pelos produtos.

  • PROVADORES DE ROUPAS

    • É o setor de menor prestígio nas lojas mas, que detêm a maior influência no poder de decisão do consumidor, tanto para a venda, quanto para o furto. É necessário que todos os processos de atendimento no provador sejam seguidos à risca, desde o cumprimento, contagem das peças, avaliação das peças, entrega da placa de controle, até a percepção que pode converter a venda quando o cliente está em dúvida.

  • REPOSIÇÃO EFICIENTE

    • A reposição na área de vendas deve ser eficiente e principalmente nos varejos alimentares, com atenção ao PVPS (Primeiro que Vence, Primeiro que Sai), garantindo que o produto que sai do estoque para a área de vendas tem validade próxima. Na exposição do produto, deve-se ter cuidado para organizar seguindo a mesma metodologia.

  • PRODUTOS DE ALTO RISCO

    • Todo o processo, desde o recebimento, armazenamento, exposição e venda, deve ser cumprido à risca. Não existe exceção para os PAR durante esta época crítica, onde qualquer falha pode impactar altamente nas perdas de inventário.

  • OPERAÇÃO NOS CAIXAS

    • Aqui deve-se ter muito cuidado, principalmente nas operações de risco como CANCELAMENTOS (principalmente vendas em dinheiro) e DESCONTOS. Obedecer a política de autorizações é fundamental e não é permitido que senhas de uso pessoal e exclusivo, tornem-se comunitárias durante este período, com o pretexto de agilizar as filas. O preço a se pagar no final é maior.

  • RECEBIMENTO DE MERCADORIAS

    • Prepare-se para um aumento no volume de produtos recebidos. Isso não significa que a política deve ser descumprida, deixando-se de conferir amostralmente os volumes recebidos, seja quantitativamente ou qualitativamente. A entrada de produtos é um dos mais importantes setores do varejista e toda atenção, seja da equipe de operações ou de prevenção de perdas deve ser redobrada.

  • TROCAS E DEVOLUÇÕES

    • Muita atenção com trocas e devoluções neste período. Podem ocorrer situações em que pessoas oportunistas irão “esquentar o furto” em seu negócio. Isso significa que elas podem pegar um produto na área de vendas e dirigir-se até o setor de Trocas e Devoluções para obter um crédito. Isso pode acontecer em diversos varejos, como roupas, calçados, eletrônicos, etc..

  • FURTOS PROFISSIONAIS

    • Muita atenção para grupos de pessoas que buscam chamar a atenção dos colaboradores na área de vendas. Neste momento, pode estar acontecendo um enorme furto em sua loja e você nem vai perceber. A ação de todos é fundamental – CFTV e colaboradores – com uma comunicação clara que possibilite cercar e inibir ações dentro da loja.

  • ASSALTOS

    • Obedeça as regras de sangria nos caixas, evitando o acúmulo de numerário. Sempre realize este procedimento com a presença de um Fiscal de Prevenção de Perdas, com monitoramento por câmeras, em todo o trajeto até a chegada à Tesouraria. Caso seu negócio não tenha a função do Fiscal, este processo deve ser acompanhado por um membro da gerência/supervisão da loja.

    • Aberturas e Fechamentos de loja devem ter todo o cuidado necessário. Nunca deve-se abrir ou fechar a loja com apenas uma pessoa. Todo o perímetro deve ser observado (em caso de lojas de rua) garantindo que não tem nada suspeito ao redor.

  • TECNOLOGIA DE PREVENÇÃO DE PERDAS

    • Faça testes em todos os equipamentos para garantir seu perfeito funcionamento nos dias que antecedem o Dia das Mães. Antenas Antifurto, Câmeras, Sensores de Presença, Controles de Acesso, entre outros, devem funcionar plenamente.

  • ENVOLVIMENTO DAS PESSOAS

    • Reúna os colaboradores e reforce a importância não somente de atingir as metas de vendas, mas, também garantir que as perdas sejam controladas e prevenidas durante este período. Reforce a importância de cada um nesta missão, relembre os números de anos anteriores e o impacto que a perda pode ter no resultado, mesmo com uma venda excepcional.

O planejamento e a execução são fundamentais para que o plano do Dia das Mães seja atingido. O único resultado que importa é o LUCRO. De nada adianta um aumento nas vendas de 20% se em contrapartida as perdas aumentarem 40%.

Desejo a todos uma semana plena de trabalho, com uma execução matadora em todos os setores e uma governança operacional acima da média. Tempos bons estão vindo e somente aqueles que seguirem seriamente a receita de bolo, serão os aproveitadores desta bonança.


Prof. Anderson Ozawa

Idealizador/Presidente – Prevenção de Perdas Brasil

E-mail: anderson.ozawa@prevencaodeperdasbrasil.com.br

Cel: (11) 99965-7595

 

Siga-nos nas Redes Sociais:
0

2 comments

  1. Showwww de bola Anderson Ozawa muito fácil de entender pra botarmos em prática

  2. Anderson Ozawa, Parabéns! Comunicação direta e acessível a todos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Enjoy this blog? Please spread the word :)