Black Friday e a Prevenção de Perdas

Estamos próximos de um dos maiores eventos comerciais do varejo: a Black Friday.

Para muitos varejos, está é a oportunidade de recuperar resultados que não foram obtidos ao longo do ano por diversos fatores.

Porém, traz para a operação da loja diversos fatores geradores de perdas que no final das contas, acabam corroendo parte deste resultado, e muitos não contemplam esta questão em sua estratégia.

Vamos iniciar falando sobre o fator gerador mais óbvio que é o furto externo. A Black Friday atrai para as lojas físicas uma quantidade enorme de pessoas, acima do normal. Neste momento é importante que os processos de prevenção de perdas encontrem-se bem executados durante todo o tempo, afim de evitar OPORTUNIDADES. São as principais orientações:

  • Elevado nível de serviço no atendimento ao cliente: todos os colaboradores devem executar este processo com excelência. Todos os clientes devem ser cumprimentados em sua entrada na loja e durante sua permanência, devem ter contato com algum colaborador que estiver na área.
  • Provadores de Roupas: os procedimentos na entrada e saída devem ser seguidos à risca (contar os produtos, verificar se estão protegidos e com etiqueta de preço, entregar a ficha de controle, entre outros). Coloque nos provadores seus melhores colaboradores e oriente-os à prevenir a perda e maximizar a venda. Muitas das decisões de compra ocorrem nos provadores.
  • Proteção Eletrônica de Produtos: em todos os produtos, à todo tempo. Os oportunistas encontrarão aquele produto desprotegido para praticar o furto. Estejam atentos, principalmente em produtos de desistência, trocas e devoluções.
  • Operações de Risco nos Caixas: atenção aos cancelamentos de cupom, principalmente aqueles na forma de pagamento em dinheiro. Loja com alto movimento, significa loja com maior controle, e não o contrário.
  • Sangrias nos Caixas: mesmo com o aumento do uso dos meios eletrônicos de pagamento, é importante que as regras de sangria sejam seguidas à risca. Quanto maior o número de pessoas, maior a probabilidade e o volume do uso de dinheiro como forma de pagamento. Realize as sangrias com acompanhamento da prevenção de perdas e deposite no cofre boca de lobo após a devida conferência pela tesouraria.
  • Recolhimento de Valores: acerte com o departamento financeiro o recolhimento de valores nestes dias, para evitar que haja acúmulo de numerário no interior da loja. Neste período, intrusões podem acontecer, uma vez que os assaltantes sabem que o volume de dinheiro aumenta nas lojas.
  • Trocas e Devoluções: atenção aos produtos, exigindo sempre o Cupom Fiscal. Muitos irão se aproveitar de produtos desprotegidos, para “esquentar o furto” no processo de troca.
  • Trocas de Etiquetas: os operadores de caixa devem estar atentos à relação produto x preço. Devem conhecer bem os produtos e os respectivos preços e conferir ambos quando do escaneamento no PDV. Na ocorrência de diferenças, devem solicitar ao vendedor ou liderança que corrijam.
  • Consumo Interno: avisos no sistema de som e a ação dos colaboradores da loja juntamente com a prevenção de perdas, ajudam na inibição desta ação dentro das lojas.

Na Black Friday é muito importante olhar para o Furto Interno. Ele tende a ocorrer mais neste dia, uma vez que colaboradores mal intencionados imaginam que o nível de controle será menor, pelo foco nas vendas. Para evitar o furto interno:

  • Operações de Caixa: evite colocar colaboradores temporários nos caixas e programe uma escala onde seus melhores colaboradores estejam presentes. Mesmo assim, é importante acompanhar regularmente os relatórios de cancelamentos e descontos. Alguns clientes, podem ser conhecidos que irão ser atendidos justamente nos caixas dos seus amigos ou familiares. Neste momento podem ocorrer a falta de registro de mercadorias ou descontos indevidos, por isso, toda atenção é importante.
  • Acesso ao Estoque: restrinja, se possível, o acesso ao estoque a colaboradores selecionados. Quanto mais pessoas acessarem o estoque, maior é a probabilidade de ocorrer alguma perda intencional.
  • Trocas e Devoluções: acompanhe as trocas e devoluções neste período, para evitar que sejam gerados créditos fora do procedimento da sua empresa.
  • Entregas de Fornecedores: atenção para as entregas neste período, onde os estoques estão sendo reforçados para o evento. Isso não implica em reduzir o nível de controle nos recebimentos, através das conferências cegas e amostrais, principalmente em seus Produtos de Alto Risco. Os entregadores mal intencionados tendem a tentar aproveitar-se deste período, pois imaginam que os controles vão diminuir para agilizar o processo de recebimento.

Outros tipos de perdas que ocorrem na Black Friday são as Quebras Operacionais. O maior volume de pessoas dentro da loja manuseando os produtos, aumenta a probabilidade da ocorrência de quebras operacionais. Para isso:

  • Avarias: produtos frágeis devem ter acompanhamento durante este período. Se for possível, tenha vendedores dedicados ou promotores para auxiliar o manuseio destes produtos.
  • Vencimentos: a prioridade no abastecimento do estoque e da área de vendas, não exime o cumprimento do procedimento do PVPS – Primeiro que Vence é o Primeiro que Sai. Desta forma, quando do recebimento ou quando do abastecimento, devem ser observados os prazos de validade e na exposição, os produtos devem obedecer a regra do PVPS.

A Prevenção de Perdas é fundamental para que o resultado final da Black Friday seja positivo. Uma Black Friday de sucesso não significa somente aumento de faturamento, mas sim, o lucro final considerando todas as despesas envolvidas e as perdas incorridas no período.

Estrategicamente, participe a Prevenção de Perdas do planejamento deste evento, considerando inclusive reforço da equipe, seja própria ou terceirizada, e o reforço dos processos de prevenção nas lojas. Neste momento, a disciplina na execução de todos os processos da loja será determinante para um bom resultado.

Uma excelente Black Friday para todos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.