Entrevistas Prevenção de Perdas Últimas pra Você! 

“Quem Faz a Prevenção de Perdas no Brasil” – Entrevista: Isael Molgori

Dando início às entrevistas do Portal Prevenção de Perdas Brasil para a série “Quem Faz a Prevenção de Perdas no Brasil“, falamos com Isael Molgori, amigo e profissional da área financeira, que há anos é defensor das estratégias de prevenção de perdas nas empresas.

 

Portal Prevenção de Perdas Brasil: Conte-nos sobre você e sua trajetória profissional.
Foto Isael 12_2015Isael Molgori: Comecei muito cedo a ajudar meu tio numa pequena mercearia, isso na zona norte, Bairro do Jardim Brasil, na época com 10 anos de idade. Mas o primeiro registro profissional, como Office Boy aconteceu com 14 anos.
Cheguei ao Grupo Casa Centro em 1986, 30 anos atrás, onde comecei minha carreira na área contábil, controladoria e cheguei a gestor da área em 1997.
Depois passei por várias organizações de médio e grande porte, tais como Daslu, TNG, M.Officer, Grupo CAOA, Equus, MOB, NK Store e agora por último My Shoes. Grande concentração em varejo e empresas de moda, foram acontecendo e eu me apaixonando por varejo.
Sou formado em ciências contábeis pela Unicsul em 1991, Pós Graduado em Controladoria e Auditoria pela Unicsul em 1994, MBA em Varejo pela FIA/Provar em 2007, onde meu TCC foi sobre Localização de Lojas. Realizei um MBA em IFRS pela FIPECAFI/Usp em 2013 e sou Mestrando pela FIPECAFI/USP em Controladoria e Finanças com término previsto para 12/2017

 

Portal Prevenção de Perdas Brasil: Como foi seu primeiro contato com a Prevenção de Perdas?
Isael Molgori: Foi na Daslu onde estava nas atribuições da Controladoria. Fiz parte da equipe que implantou boas práticas de governança na Daslu. Lá fazíamos um acompanhamento nos inventários, alguns fizemos inclusive com equipe interna.
Depois nas demais empresas de varejo, TNG por exemplo, tinha esse foco com áreas de Auditoria ou Prevenção de Perdas com realização de inventários, definição de processos, discussão com área comercial e demais departamentos envolvidos.
Só nessas 2 empresas tive a oportunidade de conhecer vários players interessantes de mercado, tanto de inventários, assim como fornecedores de equipamentos de segurança (Antenas, CFTV, etc)
Nas demais empresas isso passou a ter de minha parte um foco e preocupação constante.

 

Portal Prevenção de Perdas Brasil: Qual a importância para a Prevenção de Perdas no Varejo?
Isael Molgori: Fundamental para a alta administração da empresa. Quem faz bem feito, tem essa preocupação não somente no departamento responsável pelo assunto, mas de todos os gestores da companhia.

 

Portal Prevenção de Perdas Brasil: Quais as suas principais realizações em Prevenção de Perdas?
Isael Molgori: Sempre focado nas empresas por onde passei, de transformar o departamento to de auditoria, em departamento de prevenção de perdas, com foco primeiramente em corrigir processos, medir e a partir disso definir ações junto aos responsáveis.
Tivemos na TNG por exemplo, além dessa evolução, a oportunidade de colocar a perda com estoques com um indicador de premiação junto aos gestores das lojas (Supervisores e Gerentes), onde o intuito era premiar que tinha um bom trabalho.

estatisticaPortal Prevenção de Perdas Brasil: Como você enxerga os índices de perdas atuais do varejo?
Isael Molgori: Me preocupa muito a qualidade da informação, pois com muita facilidade podemos ter erros de processos, sistemas, enfim distorcendo o indicador.
Mas entendo que esse é o caminho, qualificar esse trabalho de indicadores por segmento do varejo e que as entidades representantes do segmento de varejo, possam receber cada vez mais empresas e suas informações de perdas.
pentágono de perdas

Portal Prevenção de Perdas Brasil: Você acredita que o Pentágono de Perdas pode tornar-se a metodologia brasileira para gestão de prevenção de perdas no varejo?

Isael Molgori
: Eu não conhecia a metodologia. Fui olhar o vídeo do Anderson Ozawa em seu site. Excelente! Exatamente como penso que temos que efetuar gestão dessa área nas empresas.
planejamento-de-negociosPortal Prevenção de Perdas Brasil: Como convencer a Alta Administração a investir em estratégias de Prevenção de Perdas?
Isael Molgori: Praticando sempre a máxima: Gerenciamos somente aquilo que controlamos, que medimos.
Ou seja a partir de como a empresa está posicionada com suas perdas, seus processos, pessoas e tecnologia, atuar com integração de todos os departamentos.
A partir do momento que medimos, o investimento será justificado e efetuado não tenho dúvida.

 

Portal Prevenção de Perdas Brasil: Conte-nos como conheceu o Anderson Ozawa e qual sua opinião da importância do Portal Prevenção de Perdas Brasil.
Isael Molgori: Primeiro pela divulgação de seu site e evoluindo para participarmos de eventos como o do Ibevar, no Comitê de Prevenção de Perdas.

 
dicasPortal Prevenção de Perdas Brasil: Quais dicas ou boas práticas você gostaria de transmitir ao pessoal do Prevenção de Perdas Brasil?
Isael Molgori: Que saibam vender seus projetos, com um raio x de sua empresa, ou um plano para fazer isso e partir desse diagnóstico.
Não adianta investir somente em inventários, se a empresa não processos básicos de caixa, recebimento, transferências, etc.
Comece pequeno se não tive esse raio x, pegue 2, 3 lojas e defina processos junto com o time dos demais departamentos que precisem ser envolvidos (RH, TI, Fiscal, Comercial, Auditoria)

Artigos Relacionados

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)