Home » Autores » PEPS ou PVPS?

PEPS ou PVPS?

CYMERA_20151013_091303

Autor: GABRIELE FEITOSA: Especialista em Prevenção de Perdas no varejo farmacêutico, tecnóloga em Processos Gerenciais. Experiência de mais de 6 anos em Prevenção de Perdas, Logística Farmacêutica e Gestão Ambiental.

 

PEPS ou PVPS?

Em Centros de Distribuição, escutamos muito o termo PEPS – Primeiro que Entra, Primeiro que Sai – técnica de controle de estoque em ordem cronológica, onde a saída dos produtos segue a ordem de chegada. – Porém este método exige estrito controle sobre os lotes, entradas e saídas, o que é inviável no longo prazo. Já no varejo farmacêutico, é comum receber produtos tanto de compra direta da indústria (que normalmente chegam em grandes lotes) quanto de distribuidores (que fracionam suas cargas). Com isso, há uma variação de shelf life: produtos que acabaram de chegar podem até possuir uma vida útil mais curta do que os que já estão na empresa.

Por conta dessa particularidade, é usado o PVPS – Primeiro que Vence, Primeiro que Sai. – Assim, produtos com validade menor devem ser expostos ou enviados para o ponto de venda primeiro.

Pensando nas duas situações de recebimento, o ideal é trabalhar bem as políticas internas. Dentre  elas,

destacam-se:

  • Conferência de 100% das entradas oriundas de distribuidores;
  • Auditoria por amostragem dos grandes lotes de compra
  • Certificação de que o lote informado na nota fiscal é de fato o mesmo da mercadoria entregue, visto que, em caso de devolução, essa informação se fará necessária.
  • Validação do cadastramento destes itens no WMS, auditando os inputs para que as correspondências de lote e endereço informado estejam

 

quadro artigo gabrieleMesmo que estes dados não sejam usados para rastreio da mercadoria, garantirão uma movimentação mais eficiente dos produtos. Além disso, tais práticas possibilitam mapear riscos por estoque em excesso, minimizando as perdas por vencimento e auxiliando até na gestão de isolamento  de  itens  a  vencer  (que  poderão   ser negociados para troca junto aos fornecedores ou ainda passar por ações de rebaixamento de preço para escoamento no ponto de venda).

Usar este método em lojas também gera benefícios, pois manterá um estoque saudável para venda e, indiretamente, deixará prateleiras mais organizadas, dando credibilidade ao estabelecimento por conta do efeito visual causado, garantindo as exigências de vigilância sanitária locais ao mesmo tempo em que oferece uma excelente experiência de compra ao seu cliente e, consequentemente, aumento na lucratividade.

 

E quanto a você? Que tipo de ações tem feito para mitigar os riscos de vencimento em seu estoque?

Siga-nos nas Redes Sociais:
0

About Redação PPB

3 comments

  1. Espero que haja mais artigos e dicas como esse! Isso é fundamental para a qualificação da nossa equipe.

  2. Luciano Conceição da Silva Luciano da Silva

    O sistema PVPS, acredito ser o mais eficaz em centro de distribuição farmacêutico, pois facilita o controle de auditoria e diminui os riscos de perdas por vencimento.

  3. José Emílio Santos Lima

    Sim, aliado ao PEPS são ferramenta de controle e excelência.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Enjoy this blog? Please spread the word :)